Covid-19

COVID-19

Lei Paulo Gustavo

LEI PAULO
GUSTAVO

Covid-19

TELESAÚDE
EMERGÊNCIA
COVID-19

A equipe Técnica do Órgão Gestor apresentou ao Conselho Municipal de Assistência Social, o primeiro diagnóstico Socioterritorial do Município de Roncador.

Conselho Municipal de Assistência Social aprova o diagnóstico Socioterritorial do Município de Roncador

Quinta-feira, 28 de setembro de 2023

Última Modificação: 25/01/2024 10:21:00 | Visualizada 65 vezes

O Diagnóstico Socioterritorial, como ferramenta no âmbito da Assistência Social, tem a função, de: realizar o levantamento e análise da situação dos territórios no município.


Ouvir matéria

Conselho Municipal de Assistência Social aprova o diagnóstico Socioterritorial do Município de Roncador A equipe Técnica do Órgão Gestor apresentou ao Conselho Municipal de Assistência Social, o primeiro diagnóstico Socioterritorial do Município de Roncador. O Diagnóstico Socioterritorial, como ferramenta no âmbito da Assistência Social, tem a função, de: realizar o levantamento e análise da situação dos territórios no município. Com ele é possível saber quais as verdadeiras demandas por direitos, serviços e benefícios sociais, além das potencialidades existentes, questões que vão embasar e qualificar o planejamento desta política. Este é o primeiro documento a ser finalizado, e, obvio necessita de atualizações e principalmente aprimoramento na realização do mesmo. Dentre os levantamentos apresentados podemos destacar: • O município de Roncador possui 630 Microempreendedor Individual – MEI, todos para prestação de serviços; • O mercado de trabalho formal para mão-de-obra não qualificada, apresenta aproximadamente 200 vagas anuais de emprego formal. Lembrando que nestas vagas estão as que empregam pessoas para trabalhar em outros municípios, como é o caso de colheita da maçã em Santa Catarina e o trabalho de safra soja/milho/trigo na cidade de Maringá; 140 vagas para mão-de-obra, fixa para Auxiliar de Produção. • A Secretaria Municipal de Assistência Social, após a implantação de Sistema de Vigilância Socioassistêncial, foi possível averiguar que entre os meses de fevereiro a agosto de 2023, a Rede Socioassistêncial (Órgão Gestor, CRAS, Serviço de Convivência Distrito de Alto São João), teve 3940 atendimentos. • Os beneficiários do Benefício de Prestação Continuada – BPC recebem mensalmente R$ 538.560,00 (quinhentos e trinta e oito mil, quinhentos e sessenta reais); • Os beneficiários do Programa Bolsa Família recebem mensalmente R$ 455.315,00 (quatrocentos e cinquenta e cinco mil, trezentos e quinze reais). Ou seja, em um trabalho silencioso sem fazer alarde, a Secretaria Municipal de Assistência Social – Órgão Gestor e CRAS, disponibilizam por meio do trabalho dos técnicos um valor total de R$ 993.875,00 (novecentos e noventa e três mil, oitocentos e setenta e cinco reais), por mês no comércio local, pois estes beneficiários investem este recurso em aluguel, comida e roupas!

 Galeria de Fotos

 Veja Também